domingo, 27 de fevereiro de 2011

Ataque gigante

Impressionante...Assim posso definir a atuação de Domijan. Um gigante de dois metros que jogou muito hoje. Simplesmente atirando misseis de todos os cantos da quadra, há muito tempo que não via alguém bater tão forte e não cometer muitos erros jogando dessa maneira. Normalmente quando um tenista joga assim dando na bola o tempo todo, sua margem de risco aumenta e consequentemente comete mais erros. Domijan simplesmente não errou, o tempo todo agressivo não dando tempo de Gastão atacar. Gastão tentou de tudo , mas na real nesta situação não tem muito o que fazer. A única bola que incomodava um pouco era quando conseguia abaixar bem seu slice, só que para isto teria que ter um pouco mais de tempo, a bola vinha numa velocidade incrível e qualquer vacilo era um torpedo a caminho. Nunca tinha visto  este cara jogando, hoje ele estava ¨on fire¨ . Se conseguir jogar mais vezes dessa maneira ,sem duvida se tornará um grande jogador. Estou louco para assisti-lo amanha e ter a certeza que este é seu nível. Não posso falar que Gastão jogou mal, não seria verdade , pecou em um único momento ,quando teve a chance de quebrar o serviço do seu adversário no segundo set. Havia entrado bem no ponto e tentou atacar estando mal posicionado e acabou errando. Quando está em um jogo onde você tem poucas chances , quando aparece uma tem que agarrar. Neste caso não aproveitar uma oportunidade custa caro. Eles estavam empatados em três, e seria uma quebra fundamental para as aspirações de Gastão. Infelizmente não deu. Ainda existe a possibilidade de entrar na chave como lucky loser , ou seja o perdedor da última rodada do qualy entra se alguém da chave não jogar. Ele é o segundo a entrar e pelos rumores ,existe uma chance. Vamos torcer...  

Um restaurante que sempre gostei de ir aqui nos Estados Unidos , e principalmente minha mulher adora. Macarroni Grill, um pão maravilhoso e pratos bem gostosos. Ontem jantamos lá e fizemos um pequeno vídeo que irei postar para vocês.


video

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Dia Longo em Dallas

Como havia previsto o dia foi longo. Começamos com Mauricio jogando as dez horas da manha. Chegamos ao clube as nove para o aquecimento e depois de um inicio muito nervoso, Mauricio conseguiu entrar em jogo e vencer com tranquilidade. As razões já conhecidas , muito tempo sem jogar torneio, jogando com um garoto mais novo e sentindo um pouco a falta de treino. Veio com uma lista grande depois do jogo. Enquanto isso Gastão chegava ao clube para seu aquecimento. Jogaria contra um garoto que vale a pena guardar o nome Mitchel Krueger.   Mas vamos por partes, Mauricio ainda iria jogar sua segunda rodada, o adversário um tenista americano, atual numero dois universitario, seu nome.. Domijan . Mauricio é aquele jogador que entra sabendo a vida do adversário, o curriculum completo, se o cara tem irmão ,cachorro ,papagaio enfim tudo que tem direito. Talvez por essa razão entrou não acreditando muito em seu jogo. Acabou jogando muito solto, sem compromisso, e com isso  saiu derrotado. O adversário sacava muito bem e não deixou Mauricio entrar em jogo. Mas valeu a experiência, já que irá jogar algumas vezes contra este time. Domijan joga pela Unviversity of Virginia e Mauricio irá jogar pela Virginia Tech. Vamos ao Gastão. Entrou muito firme jogando desde o inicio com muita autoridade. Krueger um garoto de dezeseis anos com um belo tênis para sua idade. Comete muitos erros ainda, mas perdoado pela pouca idade.Gastão jogou como tinha que ser, não dando chances para o garoto e fechando com uma certa facilidade 6/1 6/1. Amanha jogará para classificar justamente contra Domijan, pelo menos já está preparado sabendo que o cara tem cachorro, papagaio e que saca muito bem. É um tenista perigoso. Toda atenção será bem vinda.
Trypp,,,como prometido segue foto do cão doidão...        



                                                    Trypp e sua língua

Dia de Qualy

Acordei cedo como de costume, hoje é dia de qualy. Vou explicar um pouco como é o sistema para se fazer a chave. Ontem, sexta feira, os jogadores que não entraram direto na chave principal tem que assinar uma lista entre 19:00h e 21:00h. A chave é feita de trinta e dois jogadores e se classificam para a chave principal apenas quatro. Ao encerrar o sign in a chave do qualy é feita com os vinte e oito jogadores com melhor ranking e quatro convidados. As vezes não chega a ter trinta e dois jogadores, quando acontece isso entram todos que assinaram, inclusive quem não tiver ponto. Para a felicidade de Mauricio foi o que aconteceu aqui, assim hoje teremos além de Gastão, Mauricio jogando. A alegria dele era contagiante, não conseguia ficar calado, perguntava como escrevia o nome do adversário pois provavelmente queria avisar alguém pelo computador.Ontem treinamos dois períodos e Gastão ainda fez sua parte física no final do dia. Já dava para notar que não tinha muita gente, normalmente nesse dia o clube fica cheio de jogadores, e ontem estava tranquilo. Gastão saiu adiantado na chave e espera o vencedor de uma partida entre dois americanos. Estou indo antes ao clube para poder assistir um pouco ao jogo, pois não conhecemos nenhum dos dois, e não gosto de surpresas. Mauricio joga também contra um americano logo pela manha. 
George W. Bush
Ontem saímos para jantar com nossa família anfitriã, como havia contado na postagem anterior, esta semana estamos em casa de família, alias uma fantástica casa, toda computadorizada realmente muito bonita. Estamos localizados em um bairro nobre de Dallas, ao voltar do jantar paramos a dois quarteirões de nossa casa e Jeff e Stacy nos mostraram uma casa enorme e cheia de seguranças. Era a casa do ex presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, nosso vizinho. Quando chegamos em casa estava nos esperando Trypp, o cachorro, por sinal uma figura. Ele é de uma raça super rara eles me falaram mas não entendi. O melhor de tudo é que trypp vem sendo treinado faz uns dois meses, Stacy contou que ele latia muito para todos que entrassem na casa, como todo cão minúsculo. Ele usa uma coleira que tem um controle remoto  ficando este na mão de seus donos. O bicho já deve ter levado tanto choque que sua língua fica o tempo todo no canto da boca como se estivesse bêbado , que cara de maluco tem esse cachorro. Fiquem tranquilos que irei colocar uma foto de trypp. Vou tomar café, os meninos acordaram e o dia vai ser longo. Até...            

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Chegada em Dallas

 Nessas duas primeiras semanas teremos , Gastão e eu,a companhia de Mauricio Antun , recem saído do juvenil a caminho da universidade nos Estados Unidos . Começou um pouco complicado para Mauricio. Partimos de São Paulo em voos diferentes para Miami onde  iríamos nos encontrar com Gastão e seguir juntos para Dallas. A diferença de horário era apenas de alguns minutos. Quando já estava na fila da alfandega em Miami, toca meu radio e era Mauricio me informando que seu voo teve que fazer um pouso em Palm Beach, pois devido a neblina não conseguiram pousar em Miami. Piloto braço duro pois o nosso o fez com  perfeição. Resumindo iria perder a conexão e teria que partir sozinho para Dallas. Boa experiência logo de cara, quanto mais rápido aprender a se virar melhor. A ideia é que possa treinar bastante , muitas vezes servindo de sparring para os outros tenistas, bom para sentir o peso de bola e também já vivenciar um pouco do circuito profissional. Ao chegarmos em Dallas nossa anfitriã da semana nos aguardava. A organização do torneio oferece para os jogadores housing ( casa de família ) acaba sendo uma opção muito boa para muitos. Stacy se mostrou logo de cara uma pessoa muito atenciosa, apaixonada por tênis. Fomos conversando e tive a oportunidade de conhecer um pouco sobre a liga feminina de Dallas. IMPRESSIONANTE, são seis mil mulheres que jogam num sistema de times duas vezes por ano. Stacy me explicou como funciona. Os times são divididos em catorze jogadoras mas só oito jogam. cada temporada dura oito semanas, só jogam de quinta feira e uma rodada começa as 9:30hs da manha e a outra as 11:00hs . São disputadas simultâneamente em todas as quadras descobertas de Dallas. Ou seja neste dia e neste horário é jogado a liga feminina de Dallas. Só partidas de duplas, as jogadoras são divididas pelos níveis e não por idade. Fiquei imaginando a organização...fantástica. E não adianta tentar arrumar uma quadra nesse dia, estão todas ocupadas com moças e senhoras respirando tênis.
Antes de nos acomodarmos fomos direto ao clube para poder treinar e nos adaptar o mais rápido possível ao piso. Pelo que deu para sentir piso e bola bem lento. Um clube espetacular são 18 quadras descobertas e oito cobertas. Uma sala de fitness bem montada e muito conforto. Ideal para se ter uma boa semana...Estamos preparados para aproveita-la.     

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

A caminho de Dallas

Hoje, quarta feira, embarco para Dallas, já imaginando o frio que me espera. Torneio que será disputado em quadra coberta e piso rápido. Depois de dez dias matando a saudade da família e resolvendo todos os pepinos que surgiram, e não foram poucos, estou de volta. Depois de algumas conversas com Gastão imagino encontrá-lo confiante. Aproveitou bem esses dias para trabalhar a parte física e pelo que me contou treinou muito bem. Teremos dois dias para nos adaptar a quadra . O frio não importa tanto ,pois nesses torneios indoors a calefação trabalha direito, deixando o ambiente agradável para se jogar. Duro mesmo será o qualy, sempre complicado. O tenista precisa vencer três jogos, as vezes tão duros quanto os da chave. Dificuldade também para se treinar, geralmente poucas quadras para treino e muitos jogadores querendo soltar o braço. Lembro de uma vez em que ainda jogava, estava em um desses torneios de inverno. Fui marcar quadra para treinar, e apesar de ser um torneio masculino, no único horário vago estava marcado Anna Kournikova, e justamente a minha quadra. Ela jogava por este clube e a moça que marcava quadra me perguntou se havia algum problema. Respondi que não, pois já havia marcado com um outro tenista e nesses torneios você sempre acaba treinando com quatro jogadores na quadra. Depois de já termos aquecido e todos prontos para jogar pontos, ela para tudo e diz que quer treinar cruzadas. Coube a mim a tarefa de tirar isso de sua mente. Gentilmente falei que nós iríamos jogar pontos e que se ela gostaria de continuar treinando na mesma quadra, essa seria a condição.O que ela não gostou muito. Lembro que ela estava batendo com o americano Michael Russel , esse quietinho só esperando o que ia acontecer. Depois de algumas trocas de gentilezas ela teve que jogar. Sei que alguns poderão sair em defesa dela, até porque ela é mais bonitinha do que eu, mas naquela semana o torneio era nosso e a prioridade também. Aguardem o nosso dia a dia em Dallas, com fatos e fotos de mais uma semana no circuito profissional...Até.        

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Dificuldades do circuito

Sexta a noita converso com Gastão através de mensagens pelo telefone. Pergunto como está a situação do qualy de Del Rey já que se assina a lista até as 21:00hs, horário local. Gastão se mostra um pouco desanimado achando que não iria entrar. Vou contar um pouco como funciona o sistema de entrada para um torneio ATP 250 , que é o caso de Del Rey. O jogador tem que estar presente no local e assinar uma lista que normalmente começa a partir das 18:00hs e termina as 21:00hs, sempre horário local. Só pode assinar por telefone quem está jogando algum torneio na sexta feira e não pode estar presente no local para o sign in. Portanto fica difícil saber com antecedência quanto vai ser o cut off (quanto que vai fechar o torneio). Sempre se leva em conta o ranking da semana para se fazer a chave do qualy. Infelizmente Gastão estava certo, o qualy fechou duro , abaixo de trezentos e Gastão acabou ficando de fora. Imediatamenta me passa uma mensagem e me comunica que vai ficar alguns dias em Del Rey para treinar. Ótima decisão, sempre há bons jogadores para treinar e uma boa maneira de se preparar para o nosso próximo torneio, Dallas. Devo estar embarcando quarta feira para me encontrar com Gastão e assim teremos um par de dias para treinar para o próximo desafio. Alguns jogadores se desanimam numa situação como essa, normal pois quando você está confiante quer jogar. Não foi dessa vez que Gastão pode jogar o qualy de um ATP 250, não tem problema é só continuar trabalhando firme que a hora irá chegar. O importante é estar preparado para quando a oportunidade aparecer aproveita-la da melhor maneira.
Final de semana fui assistir ao meu filho Lucas jogar um torneio . Venceu a primeira partida e acabou perdendo o segundo jogo. Ele sabe que para mim não importa ganhar ou perder, o que quero é ve-lo feliz fazendo o que gosta. Lucas só tem doze anos e mesmo o adversário se mostrando superior desde o início,  lutou até o final me enchendo de orgulho. Eu sou babão mesmo....Até o proximo final de semana ,onde terá início o qualy de dallas.        

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Entre torneios

Muitos me perguntam o que um tenista faz normalmente quando está em uma semana livre de torneio. Depende muito do atleta e também o quanto foi seu desgaste nas semanas em que ficou jogando. Após três semanas seguidas de competições e vários jogos realizados Gastão não  teve muito tempo de se dedicar a parte física, dificultou  também a falta de um lugar para realizar seus trabalhos.Sempre gostei de trabalhar em sincronia com o preparador físico , pessoa importantíssima para o desenvolvimento do jogador. Trabalhando atualmente com Cassiano Costa, profissional com grande experiência e competência dentro do tenis, pedi a Cassiano que contasse um pouco o que Gastão está fazendo esta semana e quais os motivos do tipo de treino que está realizando. Acompanhem....  
       
Durante a temporada competitiva o atleta tem um desgaste muito forte,em especial no aspecto de força. Sempre que temos este intervalo entre os torneios, o Jaime me comunica se ele notou algo que precisasse ser trabalhado no Gastão, e , o próprio Gastão também me dà seu aval sobre como se sentiu, se perdeu muito alguma capacidade, etc.
Com todas essas informações eu programo essas semanas do Gastão.
Esta em específico estamos trabalhando exercícios preventivos, através de um circuito com movimentos da musculatura central ( core) e propriocepção. Manutenção da força explosiva através dos saltos (pliometria) e, recuperação da força através dos exercícios de musculação, usando um protocolo de resistência de força que consiste em cargas baixas e número largo de repetições. Para quem acha que depois de ganhar um torneio, o tenista vai comemorar, està aí o modelo de comemoração do Gastão..........mas que com certeza vale muito apena, pois junto ao trabalho técnico ele se prepara e se aperfeiçoa cada vez mais para novos títulos

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Fotos e videos


Estou de volta. Hoje depois de uma pequena reunião, resolvi tirar a tarde de folga para matar a saudades da família, longe ha três semanas os filhos estão a mil por hora....maravilha. Já fiz a tarefa da escola com Sabrina e Eric. Lucas, coitado tomou uma picada de abelha no pescoço e depois de doses cavalares de antialergico está capotado no sofá. Vou colocar algumas fotos e videos da viagem . Espero que gostem. Próximo final de semana qualy do ATP de Del Rey Beach, até lá..   



video
                                                         Discurso na cerimônia final



                                       Muralha de Cartagena ( cerca toda cidade velha )

video
                                                             Entrevista após a final


                                                              Transito de Cartagena



Quadra Central


                                                              Segundo título do ano   

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Vitória


Premiação da final, segurando os troféus da esquerda para direita, Jazir e Gastão Elias 

Como perceberam pelo título, Gastão sagrou-se campeão , depois de uma vitória frente ao jogador da Tunisia,  Malek Jaziri . Semana passada já o havia enfrentado num jogo duríssimo onde venceu depois de quase duas horas e meia de partida. Esperava outro jogo duro, Jaziri é um jogador perigoso, usa muito bem seu slice de esquerda e bem agressivo com sua direita. Gastão soube se impor desde o início , jogou como se tem que jogar uma final, indo para cima do adversário e mostrando desde o começo que queria vencer. Venceu o primeiro set com autoridade 6/3 .  No segundo a mesma historia só que com uma dose a mais de emoção. Vencia com tranquilidade 5/1 sacando 40/0. Jazira já com a cabeça quente e baixa começou a soltar o braço sem mais se importar com o jogo, nessas horas o jogo pode ficar perigoso, qualquer um já teria dado como terminado, mas não é que o doido acertou duas bolas incríveis igualou o game, e um pouco mais tenso Gastão acabou perdendo o saque. A partida voltou a ficar equilibrada e um pouco mais perigosa, já que pra quem estava com o jogo perdido , agora era só uma quebra de diferença. Com 5/3 de vantagem Gastão sacou com autoridade, palavra que eu adoro, e fechou muito bem a partida conquistando mais um título, segundo do ano. Não temos tempo para comemorar, semana que vem já temos outro torneio. Desfrutar um pouco agora é importante conquistamos o objetivo da semana, então nada mais justo que sair comer uma bela de uma lasanha tomar dois refrigerantes e um belo sorvete de sobremesa. Esta é a comemoração de um tenista. Abraços a todos que nos acompanharam esta semana e obrigado  aos que mandaram mensagens positivas e encorajadoras, via facebook, bbm, enfim todas que chegaram até nós. Valeu e até Del Rey Beach..      

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Final em Cartagena

Chegamos ao final de mais um dia em Cartagena. Boas notícias, Gastão vence e está em mais uma final. Hoje vou ser rápido, pois aqui já é tarde estou cansado e temos que jantar. Hoje como diria meus amigos do Paineiras do Morumby Gastão jogou o famoso arroz com feijão. De forma bem burocrática venceu o colombiano Alejandro Gonzzales  6/3 6/4. Em um dia difícil de se jogar ,pois havia um vento bem chato que insistia em mudar de direção o tempo todo. Com isso Gastão não se sentia muito a vontade para atacar, e de  forma inteligente não inventou muito, simplesmente balançou o adversário aguardando o seu erro. Há dias que é melhor não inventar e hoje era um deles. Nessas condições fica difícil de sentir a bola e muitas vezes a maneira mais eficaz é se manter sólido do fundo, evitando erros bobos. Ao final do jogo fomos a quadra de treino para que Gastão pudesse soltar um pouco o braço e ir dormir confiante para o jogo final. Neste momento é hora de crescer ,é a hora que o tenista tem que buscar o seu melhor. Estamos nos preparando para isso. 

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Muralha de Cartagena

Hoje vou escrever pouco sobre o jogo. Na verdade o melhor dia, recuperou-se bem do desgastante jogo de ontem e fez sua melhor partida até o momento. Vitória tranquila frente ao equatoriano Julio Cesar Campozano  6/2 6/2 rumo as semi finais. Nessa fase sempre é bom fazer uma boa partida, faz com que o jogador chegue com confiança pra semi final. Gastão soube se impor desde o inicio e não deu oportunidades para o equatoriano. Quero falar um pouco sobre Cartagena cidade histórica da Colômbia. Quando se chega é impossível  não notar uma enorme muralha que cerca toda cidade velha. Uma impressionante construção que despertou minha curiosidade e fez com que minha imaginação voltasse muito no tempo. Conheci Dom Fernando presidente da liga de Cartagena e perguntei sobre a muralha. Pude sentir claramente um orgulho muito grande ao me explicar a razão desta construção. Cartagena era uma região  com muito ouro e um ponto de saída  dos navegadores espanhóis para Europa . Construíram esta muralha para proteger a cidade, pois de tempo em tempo sofria ataques de piratas. Hoje em dia ricos e famosos possuem casas dentro da cidade velha ,casas essas que segundo Dom Fernando valem milhões.Não pude deixar de perguntar em tom de brincadeira onde era a casa de Shakira, imediatamente me mostrou a direção e mais um pouco me levava até la. Preferi evitar problemas com Luciana, minha esposa. Vai saber se chegando la  Shakira iria resistir ao meu charme. Me contou um pouco também sobre a cultura local e fez questão de me levar para conhecer a cidade. Infelizmente não pude ,pois precisava voltar ao hotel para Gastão descansar para o jogo dessa sexta feira. Uma cidade com restaurantes gostosos e gente muito simpática, vale a pena visitar. Fato curioso., Gastão esqueceu seu cartão de crédito no caixa do supermercado que é dentro de um shopping. Percebeu só a noite quando estavamos a caminho do restaurante, voltamos ao mercado, e não é que tinham guardado o cartão!. Quem acha que o transito de São Paulo é uma loucura....nada se compara ao daqui, Faixa no chão ?  Nem pensar ,os carros se misturam com os ónibus ,caminhões e motos .Buzina é obrigatório uma loucura que só quem vive aqui consegue entender. Bom, é isso temos que sair pra jantar e descansar para mais um dia de batalha.
Boa noite       

Momentos para serem guardados

 São 08:00 hs da manha de quinta feira. Estou escrevendo no corredor do nosso andar, Gastão está dormindo depois de um dia para ser guardado na  nossa cabeça. Quando achava que ja tinha visto tudo dentro do tênis, ontem presenciei um momento que achava não existir no circuito profissional. O dia seguia tudo dentro do normal, acordamos para o jogo que estava marcado para as 14:00hs , fomos ao clube fizemos nosso aquecimento e depois almoçamos em um shooping em frente ao clube, que ainda está no final de suas obras. Um calor infernal em Cartagena. Gastão iria jogar contra Cristian Benedetti, tenista argentino que nesta semana está sendo treinado pelo colombiano Jaime Cortez. Cortez  mede mais ou menos um metro e meio só que acha que tem uns dois.Sempre foi um tenista sujo que na maior parte das vezes tentava tirar seu adversário de jogo. Achei que com o passar do tempo havia mudado  , afinal ele mesmo me contou que vai ser pai e atualmente é contratado da federação colombiana. Realmente me enganei. Vamos ao jogo. Gastão começou muito bem não dando chances , jogando firme e sempre agressivo. Não poderia ser diferente o placar 6/0 no primeiro set. Vou tentar explicar como era a quadra . Não havia lugar para assistir o joga pois não tinha arquibancada, nós tinhamos que ver em pé ao lado da quadra. Cortez desde o início da partida não parava de falar ,as vezes tentando incentivar o seu jogador e as vezes um pouco mais exaltado com palavras direcionadas ao Gastão. A minha preucupação era se em algum momento isso poderia tira-lo do jogo, mas como a situação estava sobre controle simplesmente o alertei para não entrar na provocação do treinador colombiano. Para minha surpresa Cortez ao terminar o primeiro set saiu e rapidamente apareceu com mais um tipo caricato. Um cara que depois fiquei sabendo que trabalha junto com Cortez como treinador. Este cidadão grudou no alambrado e começou a falar em todos os pontos inclusive nos erros grotescos de Gastão. Como havia previsto Gastão começou a se irritar, por duas vezes tive que me meter e mandar o cidadão  calar a boca. Chegou em um nível que parcecia aqueles jogos de interclubes antigos que valia tudo. Eu que normalmente sou um cara calmo perdi completamente a paciência e ao termino do segundo set fui chamar o arbitro geral e pedir para que ele tomasse providência sobre o que estava acontecendo. Gastão havia perdido 6/4. Ao passar pelos dois ainda tive que ouvir de Cortez,¨Jaime fica tranquilo senão ele te quebra¨. Eu simplesmente olhei para eles e mandei eles .... acho melhor pular esta parte. Ao encontrar o arbitro ele ja estava sabendo do caso e inclusive já estava indo para quadra. Ele me tranquilizou ¨Jaime fica calmo que eu conheço muito bem o Cortez ele sempre faz isso¨. Chegando perto dos dois para minha surpresa Cortez se dirige ao arbitro e conta que Gastão o estava insultando e que havia xingado sua querida mamãe, e não estou exagerando a cena foi comica. O jogo ficou dramatico, Gastão teve principio de insolação, começou a sentir calafrios e chamou o medico na quadra. O medico achava melhor ele parar, dizia que ele estava tendo uma super desidratação, pois sabia que ele vinha de uma infecção estomacal e que ja estava desidratado. Gastão olhou para mim com aquela cara de que não aguentava mais.   Eu só pensava e queria muito que ele não entregasse o jogo mesmo sabendo de suas condições . Depois de quase duas horas e meia e muito bate boca Gastão venceu 6/4 no terceiro.  Gastão entendeu que a resposta se da na quadra ganhando o jogo, pois depois do ultimo ponto os dois simplesmente desapareceram.        

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Cartagena parte dois

Só mais algumas coisas a respeito de Cartagena. Me desculpem a ansiedade mas como era minha primeira postagem esqueci de dizer o que estamos fazendo aqui. Gastão está jogando um torneio Future. Esta é a terceira cidade da gira Colombiana. Começamos com um challenger em Bucaramanga no qual ele perdeu nas quartas de final. Depois de uma boa vitoria na segunda rodada frente ao argentino Frederico Del Bonis . Depois fomos a Cucuta , cidade onde começou nosso drama. Gastão vinha jogando muito bem e seguindo adiante no torneio. Na noite anterior ao confronto das quartas de final teve uma infecção estomacal que segue até hoje . Coisas que acontecem, infelizmente em um momento importante. Agora seguimos para a ultima cidade da Colombia, Cartagena. Está na segunda rodada e jogará amanha, quarta feira, contra um argentino .O torneio Future para aqueles que não sabem o que é , vai uma pequena explicação. São torneios menores em que os tenistas estão em busca de seus primeiros pontos. As dificuldades são grandes  não possui uma estrutura de torneios grandes. Nessa fase da pra saber quem realmente tem raça, pois alguns lugares são terriveis. Bolas novas pra treinar ..nem pensar, agua e isotonicos então, haha. Gastão depois de quase nove meses afastado das quadras ,por lesão, teve que começar do zero. Depois de começar o ano com o ranking perto de 700, está 414 nesta semana. Bom inicio de ano. Bom pessoal até amanha pois vamos sair pra jantar. Fui......    

Cartagena

Estamos aqui em Cartagena eu e Gastão Elias, tenista portugues . Passou a primeira rodada apesar das dificuldades. Infecção estomacal a primeira delas. Cinco dias se completaram desde que teve inicio.  Afetou mjuito a parte fisica , e pra piorar um calor infernal. Apesar de tudo isso vitoria na primeira rodada. Espero poder ir colocando noticias todos os dias. Ja ia me esquecendo, chegamos no hotel e a agua do banheiro esta preta ... Que beleza... Ate amanha